IGLU  – MÓDULOS PVC PARA REALIZAÇÃO DE VAZIOS SANITÁRIOS

Iglu’® é o produto líder de mercado, criado e patenteado com o objectivo de realizar desvãos sanitários, câmaras de ar ventiladas, caixas de ar, pisos e tectos ventilados na construção e reconstrução de edifícios civis e industriais. Fruto de uma genial intuição datada de 1993, melhorou profundamente o modo de construir.

A capacidade inovadora de Iglu’® foi tal que recolheu numerosos sucessos e reconhecimentos, tanto nacionais como internacionais, afirmando-se rapidamente como um produto de excelência no mundo da construção.

As cofragens modulares de plástico Iglu’®, colocadas em sequência de acordo com uma direcção predefinida, permitem a rápida formação de uma plataforma de passagem autoportante, sobre a qual é realizada a descarga de betão para construir, de modo extremamente simples e económico, um piso ventilado apoiado em pilares com uma área vazia por baixo que pode ser utilizada para a passagem das instalações, mas sobretudo ventilada para impedir a humidade ascendente e os gases radioactivos.

A caixa de ar ventilada realizada com Iglu’® representa uma solução eficaz, rápida e económica que permite a dispersão na atmosfera do perigoso gás radão e da Humidade, o que é uma vantagem para a nossa saúde.

A câmara de ar formada por Iglu’® deve ser ligada à área externa através de simples tubos. Deste modo, cria-se um fluxo de ar natural que atravessa a câmara e elimina a humidade e o gás radão (se houver).

igloo-no-radon
  • Possibilidade de realizar, com uma única solução, as vigas de fundação e a laje com o auxílio do acessório L-Plast.
  • Redução dos tempos de mão-de-obra em até 80% com relação aos sistemas tradicionais.
  • Drástica redução do consumo de concreto e dos materiais inertes, pois a forma em arco permite a máxima resistência com a mínima espessura.
  • Adaptação a estruturas fora de esquadria com o corte dos elementos, sem a necessidade de colocar suportes.
  • Facilidade de colocação pela leveza e simplicidade de encaixe dos elementos.
  • Simples adaptação a diferentes perímetros.
  • Corte e formação dos elementos com rapidez e agilidade.
  • Passagem das instalações sob o pavimento em todas as direcções.
  • Criação de uma barreira contra o vapor.
  • Vedação total contra a humidade ascendente.
  • Eficaz ventilação em todas as direcções.
  • Eliminação do gás radão eventualmente presente.
  • Nenhum ponto de contato entre o concreto e o solo.

ATLANTIS – COFRAGENS PARA REALIZAÇÃO DE VAZIOS SANITÁRIOS COM GRANDE ALTURA

ventilated-cavities-industrial-pavement

Cofragens perdidas para caixas de ar ventiladas – altura variável de 56 cm a 300 cm

Atlantis é o sistema evoluído para a construção de câmaras em geral, caixas de ar e pavimentos ventilados na construção e restauro de edifícios civis e industriais, tanques de acumulação, tanques de dispersão, lajes alveolares, câmaras frigoríficos de baixa temperatura.

Sistema Atlantis é utilizado quando a profundidade da caixa de ar ou do desvão é tal que não permite a utilização dos clássicos cofragem Iglù®, com a vantagem que o diâmetro constante dos tubos elevadores permite minimizar os consumos de betão para o enchimento. A velocidade, a simplicidade e a economia são as características principais do sistema.

Com Atlantis, além disso, obtém-se um piso com adequada barreira contra o vapor no pavimento e, se correctamente ventilado com canalizações ligadas com o exterior, um veículo para a eliminação do gás radão presente no terreno.

Atlantis constitui o sistema para realizar caixas de ar onde a altura à disposição é elevada.

Pode ser utilizado para a distribuição de instalações e redes tecnológicas sob os pavimentos evitando de os enterrar no cimento.

É adequado para realizar desvãos termicamente isolados para câmaras frigoríficos com ou sem ventilação forçada.

É a solução ideal para a realização de tanques de acumulação ou de dispersão e para a reconstrução de piscinas. Graças aos tubos elevadores fornecidos à medida, é o sistema ideal para criar superfícies inclinadas ou multinível.

Atlantis quando associado com a especial cofragem Muro, representa uma solução inovadora, rápida e económica para a realização de lajes de fundação alveolares e em caixa (super-lajes).

Há ainda um reduzido consumo de betão e aço permite obter uma alta rigidez, mesmo na presença de terrenos pouco resistentes.

Sistema Atlantis é utilizado quando a profundidade da caixa de ar ou do “vão” é tal que não permite a utilização dos clássicos módulos Iglù®e a vantagem é que o diâmetro dos tubos elevados permite minimizar os consumos de concreto para o enchimento. A velocidade, a simplicidade e a economia são as características principais de tal Sistema.

Com Atlantis, além disso, obtém-se um piso com adequada barreira contra o vapor no pavimento e, se correctamente ventilado com canalizações ligadas ao exterior, torna-se um veículo para a eliminação do gás radão presente no terreno.

• Facilidade de colocação pela leveza e a simplicidade de montagem através do encaixe dos elementos, com economia em termos de tempo até 80%.
• Consumo mínimo de betão para o enchimento até ao topo graças à forma em cúpula rebaixada que permite a máxima resistência com a mínima espessura da laje.
• Possibilidade, graças ao sistema de tubos, de fornecer no estaleiro qualquer altura, até 3 m.
• Possibilidade de colocar cargas de entidade notável dotando os pilares da adequada armadura.
• Adaptação a estruturas fora de esquadria com o corte dos elementos, sem ter de colocar suportes.
• Passagem das instalações sob o pavimento em todas as direcções: ortogonais e oblíquas.
• Se utilizado em combinação com o sistema de cofragens perdidas “Muro” é possível realizar as estruturas de elevação, quer externas quer intermédias, juntamente com a lâmina de compressão evitando a descofragem, com uma considerável poupança de tempo.
• Ventilação total da câmara e fluxos de ar em todas as direcções.
• Fácil gestão do material no estaleiro, que é pouco volumoso e não teme as intempéries.

ATLANTIS - FICHAS TÉCNICAS

EOLO – MÓDULOS EM PVC PARA CONSTRUÇÃO QUE PERMITEM VENTILAÇÃO VERTICAL

Image converted using ifftoany

O Eolo é a solução eficaz, rápida e económica que permite realizar um pavimento furado de betão com elevada capacidade portante, destinado à circulação mesmo dos meios pesados.

Graças aos bicos assimétricos verticais, axialmente furados, pode ser convenientemente usado para a distribuição e difusão de ar em estações de compostagem, estabilização de resíduos, sistemas de desodorização e para ventilar os pavimentos de armazéns destinados à conservação/cura de produtos alimentares.

É sabido, desde a Roma antiga, que a ventilação dos armazéns é necessária para não formar bolsas de humidade, cuja concentração levava à proliferação de esporos de bolor e bactérias, deteriorando os próprios produtos alimentares (David Macaulay “A cidade Romana”).

Realizado em plástico reciclado e eco compatível, o Eolo é composto por especiais bicos difusores altos, que permitem a realização de uma laje furada com 6 cm de altura.

Através dos elementos Eolo, o ar é distribuído uniformemente em toda a caixa de ar e depois é insuflado para o ambiente por cima.

O Eolo é a solução eficaz, rápida e económica que permite realizar um pavimento furado de betão com elevada capacidade portante, destinado à circulação mesmo dos meios pesados.

pavimentos-furados-autoportantes
  • Ventilação eficaz em todas as direcções graças à caixa de ar criada pelos módulos Eolo.
  • Elevada capacidade portante da estrutura, quer para cargas estáticas, quer para meios pesados em movimento.
  • Facilidade de colocação, pela leveza e simplicidade de encaixe dos elementos.
  • Possibilidade de manutenção/limpeza através de canais de inspecção.
  • Redução do tempo de armadura graças à presença de distanciadores associados aos bicos destinados a hospedar a rede electrossoldada.
  • Recolha de eventuais líquidos lixiviantes.

SISTEMA MURO – SISTEMA MODULAR EM PVC

cassaforma-muro

Cofragens perdidas para betonagem simultânea de vigas de fundação e laje.

A Cofragem Muro foi concebida como alternativa às cofragens de madeira tradicionais, para permitir a betonagem de muros de elevação, vigas invertidas e sapatas de fundação, reduzindo drasticamente os tempos de realização das fundações.

Esta cofragem perdida é constituída pela combinação de tubos, painéis, colares e suportes, tudo fabricado em polipropileno.

Associada ao sistema Atlantis a cofragem Muro permite realizar, ao mesmo tempo, as vigas de fundação e a laje, optimizando e acelerando os trabalhos, com resultados económicos consideráveis.

Por este motivo o sistema é muito apreciado na realização de tanques de recolha e/ou dispersão de águas, obras que são cada vez mais necessárias nos mais variados contextos de construção.

Dada a facilidade e velocidade de colocação também se adapta perfeitamente à realização de lajes nervuradas, nas quais os vazios entre as vigas são enchidos pelos módulos do Sistema Atlantis.

Para construir, numa única fase, a laje superior (de câmaras de ar) e as vigas de fundação externas e internas de uma obra.

Para construir lajes nervuradas (estruturas normalmente pouco utilizadas devido aos excessivos custos de cofragem e descofragem).

Para realizar tanques de recolha e/ou de dispersão de águas.

Em qualquer obra que precise, pelos mais variados motivos, de cofragens elaboradas e geometricamente complexas.

Cofragem Muro coerentemente com o seu objectivo, ou seja velocidade e facilidade de execução do trabalho de estaleiro, é caracterizada por poucas peças simples e leves que permitem uma montagem intuitiva e rápida com múltiplas vantagens:

• Poupança de tempo na cofragem e descofragem.
• Poupança de tempo na limpeza das pranchas de madeira, que se apresentam perfeitamente lisas e limpas.
• Poupança de tempo e custos de armazenagem, depósito e transporte de cofragens; o material é pouco volumoso e não teme as intempéries.
• Não precisa de mão-de-obra especializada.
• Betonagem simultânea das vigas de fundação e da laje, se associada ao Sistema Atlantis.

simultaneous-casting-of-Foundation-beams-and-the-slab
gleichzeitige-Schüttung-der-Gründungsbalken-und-Plattendecke